segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O Caminho do Samurai Espiritual





“... Reconhecer a vida em cada respiração, em cada xícara de chá, em cada vida que tiramos. Este é o Caminho do Guerreiro. Este é o Bushidô.”

Frase retirada do Filme O Ultimo Samurai


O CAMINHO DO SAMURAI ESPIRITUAL

Devoção. Eis uma das maiores doutrinas do Samurai. Este conhecido Guerreiro da era feudal Japonesa, esteve a serviço das classes dominantes por 1000 anos, desde o século VIII até 1867, mesmo antes de serem considerados um casta exclusiva. O Samurai, o guerreiro que empunha a famosa Katana, teve sua origem aproximadamente no ano 800 DC, antes mesmo da sua conhecida espada, que teve sua origem no Período Muromachi (1336 até 1573), quando os ferreiros Japoneses atingiram “A perfeição”, criando um espada (na verdade um sabre) flexível e rígido ao mesmo tempo, levemente curvado, com a ponta inclinada, perfeita para golpes tanto em perfuração, quanto em corte. Uma obra de arte, em cada detalhe. Essa Perfeição refletia o modo de vida Samurai, que buscava a perfeição em tudo o que faziam, não apenas no treinamento militar, mas também no refinamento com sua Filosofia de Vida, o Bushidô. O Samurai não era apenas um exímio espadachim, era também um Mestre dedicado no aprofundamento do seu crescimento como ser espiritual, encontrando no treinamento com a Katana sua forma de moldar seu caminho rumo ao Destino. Seu código de Honra não-escrito, o Bushidô, era sua máxima em cada momento de sua vida. Estas são as 7 Virtudes do Bushidô.

GI – Justiça e Moralidade, Atitude direta, razão correta, decidir sem hesitar;
YUU – Coragem, Bravura heróica;
JIN – Compaixão, Benevolência;
REI – Polidez e Cortesia;
MAKATO – Sinceridade, Veracidade total;
MEIYO – Honra, Glória;
CHUU – Dever e Lealdade.


Baseado nos preceitos destes magníficos Mestres do passado, podemos tirar ensinamentos do seu modo de vida, no seu código de Honra, ou simplesmente, nos atos destes Samurais. Vale salientar que a palavra Samurai significa “aquele que serve”, ou seja, sua vida é dedica a servir uma causa ou um senhor, sem se importar com vida ou morte. Sua lealdade era tanto, que bastava o seu senhor pedir sua morte, que este Guerreiro, executava o sepukku sem hesitar. Sua moralidade, dedicação e honra são instrumentos de inspiração para nós, ocidentais, que não estamos acostumados a tanta dedicação. No Oriente, o fio que divide Vida e Morte são mais tênues do que no Ocidente, e também como a dedicação, que é feita de uma forma mais aprofundada, não meramente ligada a interesses, máxima do Ocidente.

O Caminho do Samurai Espiritual é um convite para aprender essa dedicação e honra, com consciência espiritual, não abrangendo à Guerra ou Morte, mas sim a dedicação ferrenha, à sua causa Espiritual. Dedicar sem hesitar. Amar o próximo incondicionalmente, respeitar o caminho, honrar seu Mestre, ter coragem nas dificuldades e testes, ser dócil e sereno, ser cortês e respeitável, espelhar essa Perfeição nos seus atos, representado pela Espada, que pode ferir, mas também defender, sem nunca ferir. Aquele que Ama a si e ao próximo, nunca terá falta de amor. Aquele que for Justo e Íntegro nos seus atos, nunca encontrará portas fechadas. E quando a Desonra e a Falha bater em sua porta, busque o caminho do seu Templo Interior, lá encontre a si mesmo e perdoe-se. A Vitória só virá, quando pelo ensinamento da Derrota você passar. Seguindo o Bushidô com um entendimento mais elevado, poderemos sim encontrar o Caminho do Samurai Espiritual. Não mais nas guerras, mas sim na Luta pela Elevação.

“ Reconhecer a Vida em cada ser, em cada pulsar do coração, o Caminho em cada momento. Este é o Caminho do Samurai Espiritual. Este é o Caminho da Luz.”

Com Carinho Compartilho.

Anjo Guardião Branco.

3 comentários:

Eduardo disse...

Este post particularmente me deixou muito feliz e inspirado. Há poucos dias havia assistido (mais uma vez) o filme O Último Samurai, o qual acho fantástico.

Realmente os Samurais e seu modo de vida são um grande exemplo para nós, tão acomodados e preguiçosos as vezes, disciplicentes em nossos propósitos.

O que escreveu se relaciona estritamente também com a chamada Cavalaria Espiritual, onde se busca aprimoramento de virtudes e valores e a elevação, além da prática do bem e difusão dos nobres ideais.

Um grande abraço meu amigo.

Fraternalmente,

Eduardo I. R.

Anjo Guardião Branco disse...

Fico muito grato com suas palavras, Nobre Eduardo. Suas considerações me sempre são importantes, ainda mais neste trabalho que agora estamos nos desvelando. Realmente, o modo de vida Samurai e assim tbm o modo de vida dos Grandes Cavaleiros, nos remonta ao caminho relembrado dos grandes Mestres, Defensores por excelência. Fico muito grato.

Luz e Paz, Amor e Honra.

Anônimo disse...

Assisti o filme 7 vezes ,,, 8 com hoje dia 29/06/2017.
Fica encantado com a beleza do filme.